Oração

“E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito” (1JO 5.14-15, NAA)

Uma das muitas consequências negativas do que eu chamo de “o evangelho segundo a televisão” que temos no Brasil é o ensino sobre oração. Se você assistir a maioria destes programas, vai chegar à conclusão (consciente ou não disso) de que oração é: um apelo que se faz necessária e intencionalmente com grande carga emocional, punhos cerrados e olhos espremidos, tudo com o propósito de ser atendido, e quanto mais intenso, “mais espiritual e garantido” é para eles – que chamam isso erroneamente de fé -, e que, cujo resultado é imediato: como o efeito de um anti-ácido efervescente.

Na Bíblia vemos orações sendo feitas e respondidas de várias maneiras – mas todas elas passam por um único crivo: Deus e a sua vontade e não a manipulação humana (favor conferir 1 João 5.14-15). Não temos como “garantir” as respostas da oração com força pessoal, como nos tem sido ensinado pela televisão. Isso não é soberania de Deus. Na prática, o que temos é muita gente frustrada com sua vida de oração, inclusive não querendo orar com medo de não receber como vê na TV.

Desfaça esta barreira com as Escrituras, a Verdade, se este for o seu caso. Oração é conversa, desabafo, adoração, pedidos e tudo o mais que sua alma precisar diante do Senhor, com liberdade para silêncio ou um brado, mas um ou outro de modo espontâneo e não forçado, com liberdade. O maior resultado da oração é sua confiança em Deus, peça graça, e dizer a si mesmo(a) que não consegue sozinho(a) aquilo que precisa. Depois, a consequência vem, de acordo com a vontade de Deus – isso sim é fé. Caminhe cada dia mais olhando para a Bíblia e confira se o que está lhe sendo ensinado sobre oração é coerente com o todo que a Bíblia diz. Pesquise-a, estude-a, doe-se para ela, pedindo a ação do Espírito Santo. Isso é Evangelho.

Que a graça nos oriente e ajude, em Nome de Jesus, amém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: