Você está aperfeiçoando o que Deus lhe deu para fazer?

1o-passo-estabeleca-objetivos

“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque no além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.” – Eclesiastes 9.10

A direção que recebemos de Deus para servir naquilo que Ele nos chamou deve ser aperfeiçoada, devemos sempre nos esforçar para melhorar nossa parte (Js 1.9), capacitados pela graça.

O serviço cristão jamais é para trazer conquistas e glórias para o nosso nome, mas senão para a promover a glória de Deus. E nada mais promove a Sua glória do que trabalharmos com foco e prezando pela qualidade daquilo que fazemos.

Para nos salvar, Deus não mandou apenas um substituto, Ele nos enviou alguém de infinita qualidade, Seu Filho Amado. Nós nunca vamos conseguir atingir este padrão de qualidade para Deus, por isso nunca será demais o zelo e o aperfeiçoamento naquilo que fazemos para o nosso Mestre.

Veja, entretanto, que ninguém começa perfeito. Começamos errando, falhando e ainda vamos fazer isso ao longo do caminho. Já é conhecido, contudo, aquele jargão no meio evangélico: “Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos” – e não há nada mais bíblico do que isso! Todas as pessoas que foram chamadas não estavam prontas, Moisés e Pedro são dois exemplos fortes que me ocorrem agora.

E precisamos da graça para servir não somente em função do pecado, mas por nossa condição humana limitada, frente a uma obra planejada pela mente divina. O próprio Cristo, como homem, buscava qualidade, por meio da fidelidade, usando a oração contínua em todo o Seu ministério terreno.

Portanto, Deus busca homens e mulheres que estejam dispostos a começar, a se entregarem, suas vidas e serviço, porém…

…não devemos ter apenas coragem para começar, mas também compromisso para nos aperfeiçoarmos para a obra de Deus!

Mordomia cristã inclui devolver a Deus dízimos e ofertas, nós damos daquilo que Ele mesmo nos dá (1Cr 2614)! Deus providencia até a oferta para darmos a Ele, e isso é fantástico. E mais: essa oferta é para a manutenção da obra local e do trabalho missionário, entretanto, tudo isso é para nós: para salvação com alcance da mensagem do evangelho e para edificação e posteriormente fruto da fé dos que creram.

Se Deus é tão gracioso assim, eu me pergunto e peço que você mesmo se pergunte: não devemos, portanto, aperfeiçoar aquilo que Ele nos deu para fazer? Será que estamos investindo qualidade a partir do coração para a obra de Deus?

Essa qualidade também deve ser focada na fidelidade, ou seja, eu não aperfeiçoo o que “EU” quero fazer, mas o que Deus me chamou para fazer. Isso é importante, do contrário teremos problemas, por mais qualidade que busquemos ter no trabalho que fazemos.

A maior prova desse cuidado que devemos ter com fidelidade são exemplos da própria Bíblia: No Antigo Testamento temos o exemplo do Rei Saul, que, com pressa, pôs a “máquina para funcionar” e foi punido não somente pelo o que fez, mas pelo momento em que fez. Ele pensou no reinado dele e não no Reino de Deus. Resultado: perdeu o trono.

No Novo Testamento o Pentecostes é o melhor exemplo, mas este positivo: era para os discípulos ficarem aguardando o poder vir do céu antes de cumprirem o “Ide”. Muitos poderiam dizer: “já houve a Crucificação, a Ressurreição, o comissionamento, a Ascensão… então vamos fazer logo de uma vez o que precisa ser feito, estão esperando o que”? Graças a Deus que em Atos as pessoas pensaram, esperaram, tiveram iniciativa com fidelidade e buscaram sempre e continuamente aperfeiçoarem aquilo que Deus deu para eles fazerem!

Estamos na metade do ano. Muitos foram eleitos para vários cargos na igreja, aceitaram, foram os que se dispuseram e isso é uma bênção! Como o Senhor Jesus se agrada de agrada de ver suas ovelhas ocupadas com a Obra dEle e não com a obra do mundo. Entretanto, apesar disso, a pergunta é: temos trabalhado foco, clareza e dedicação para nosso serviço? Temos nos preocupado com compromisso?

Não deixe o cansaço, o dinheiro, a distração, a preguiça e até a certeza da salvação atrapalhar o seu relacionamento com o Seu Senhor e prejudicar, afrouxar a qualidade e a responsabilidade do seu trabalho para Deus. Faça o seu melhor, não afrouxe suas mãos!

Não faça mais por fazer mais, isso é ativismo (idolatria à ação). Não faça melhor por fazer melhor, isso é perfeccionismo (idolatria à perfeição). Faça com fidelidade e bem feito por adoração, porque Deus é digno de que façamos as coisas desta forma para Ele. O melhor é para Deus.

Mas, lembre-se, não faça sozinho o que lhe cabe, mas busque a graça para se aperfeiçoar. Do contrário, o serviço cristão será um fardo. Faça o melhor, com compromisso e responsabilidade, mas peça graça, ou seja, a força de Deus.

Concluindo, compreendamos que não adianta só receber uma tarefa, mas não aperfeiçoá-la. É como receber um instrumento para tocar e não afiná-lo! Você precisa afinar as cordas do projeto que Deus lhe deu. O que você precisa afinar? O que você precisa apertar um pouco, ou quem sabe afrouxar e dedicar-se à outras cordas da vida?

E lembre-se que antes de cuidar da tarefa, o Senhor cuida das pessoas! Ele não morreu na Cruz por projetos, mas para salvar aqueles que iriam realizar projetos. Ter sua vida cuidada por Deus é imprescindível para aperfeiçoar seu projeto. Sirva primeiro ao Deus da obra, e, depois, à obra de Deus.

O caminhar para o aperfeiçoamento é uma atitude de fé, começa no seu interior, no coração, na sua consciência, e passa através da sua vida, e, então, vai para as tarefas, é assim  que você aperfeiçoa o que Deus deu para você fazer.

Que Deus assim nos faça firmes e fiéis até a morte, em Nome de Jesus, amém!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: