Como está o curso da minha vida?

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida” – Provérbios 4:23

valores-escolhas

Provérbios é um livro de sabedoria prática, ele é composto por uma série de coleções que transmitem a antiga herança de sabedoria de Israel. Trata de assuntos de moral, de bom senso, da maneira correta de proceder e de religião. O provérbio é um ditado breve, fácil de lembrar e decorar, que resume uma verdade básica ou uma lição de vida.

O versículo acima foi escrito pelo rei Salomão, no entanto ele mesmo não guardou tal sabedoria. Talvez, então, você pense: “bem, Salomão terminou sua vida em fracasso espiritual, não adianta nem eu tentar!”. De fato, Salomão passou o fim de seus dias longe de Deus, não guardou o coração, e deixou-se levar pelas suas muitas mulheres.

Ocorre que não veio dele essa Palavra, ele só a escreveu. A Palavra veio do Espírito de Deus. E esta Palavra não veio para ele somente, mas como uma advertência e cuidado de Deus para nós. Sabemos que se não a guardarmos, teremos consequências ruins – o próprio escritor foi o exemplo, então, qual será a nossa escolha?

O próprio Senhor Jesus disse:

“Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos.”
Tiago 1:22

A porta de entrada para a vida do ser humano é o coração. O íntimo, o interior. O que consegue nos conquistar por dentro nos cativa. Deus não apenas nos deu uma palavra de advertência sobre guardar o coração – Ele nos deu toda a Palavra, de maneira vasta, pela qual podemos fazer escolhas certas.

O que é o coração?
A palavra hebraica para coração, como no português, possui o uso concreto, que refere-se ao órgão do corpo, e o sentido abstrato, que refere-se à totalidade da natureza interior ou imaterial do homem.

Na bíblia, a maioria das vezes, essa palavra é usada para referir-se à natureza interior ou imaterial, a nossa alma ou espírito; em geral refere-se ao pensamento, à vontade e às emoções. É isso que devemos guardar. É mais importante do que proteger o corpo. Primeiro deve vir o interior, depois o exterior.

Como se guarda o coração?
A primeira questão é ter entregue a vida a Jesus, ter sido convertido pela graça de Deus – sem isso é impossível guardar-se de modo bíblico. Depois, existe a responsabilidade pessoal, com reação à santificação operada por Deus, de perseverar na seguinte disciplina: afastar-me do mal e alimentar o coração com o bem, a Palavra do Senhor.

Do contrário, não haverá mudanças em minha vida; John MacArthur, diz o seguinte:

“Reforma sem regeneração nunca é eficaz e, por fim, há uma volta ao comportamento anterior”.
(John MacArthur)

Deus nos converte e vai trabalhando aos poucos o processo de santificação, que cada vez mais vai avançado nas mais diversas áreas da nossa vida. Em que área você precisa guardar o coração e promover uma reforma espiritual e moral?

Entretanto, ainda que possa parecer estranho para muitas pessoas, o aperfeiçoamento cristão não se dá através de regras morais, mas é pela fé – somente -, igual à conversão.

Deus apresenta o padrão que Ele tem para nós – entretanto, por Sua Providência, Ele mesmo proporciona fé para seguirmos neste processo de santificação:

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo! Conforme a sua grande misericórdia, ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança que jamais poderá perecer, macular-se ou perder o seu valor. Herança guardada nos céus para vocês que, mediante a fé, são protegidos pelo poder de Deus até chegar a salvação prestes a ser revelada no último tempo”.
(1 Pedro 1:3-5)

Temos a segurança da salvação pela fé, como nos diz a passagem bíblica acima, e somos protegidos pelo poder de Deus. A pergunta a ser feita é: algo que está guardado pelo poder de Deus pode se perder? A resposta óbvia é: jamais!

Portanto, se Deus promete que os salvos chegarão à salvação em seu estágio final, ou seja, a glória, é Ele também que opera em nós a mudança que precisamos. Ter essa clareza também é guardar o seu coração, não confundindo santificação com moralismo.

Guardar o seu coração, portanto, é buscar a Cristo, pela fé, para ser santo como Ele é santo. Prosseguir na fé que você foi regenerado, colocar em prática a salvação pelos meios de graça que Ele providenciou, que são: a Palavra, a oração e as pessoas (igreja).

“…ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor, pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele.”
(Filipenses 2:12,13)

Você não luta para apresentar-se santo para Deus. Você continua, com humildade, buscando ao Filho, o Único e Vivo Caminho aberto do céu para nós. Apresenta-se a Jesus para continuar a ser santo e não tenta ser santo para apresentar-se diante dEle.

E, uma vez fortalecido, santificado, deve perseverar. Fazer escolhas corretas. Viver o caminho da verdade.

O que você coloca diante dos seus olhos que pode despertar desejos ruins? Você sabe o que é. Qual programa de televisão ou acessos na internet que desperta em você maus desejos, pensamentos e sentimentos?

O que você precisa buscar em Jesus, pela fé, a fim de fazer as escolhas certas?

Você é que deve guardar-se disso, não Deus – Ele já é santo. Ele dá graça, responde, capacita, mas, quem decide e coloca a salvação em prática, depois, somos você e eu.

A Bíblia faz um apelo para que atentemos as Palavras e ensinamentos de Deus para nossa vida prática diária, para que mantenhamos a Palavra do Senhor diante dos olhos, para que ouçamos com atenção o que é pregado. Isso é saúde, nisso há promessas de coisas boas para a nossa vida espiritual, e, logo, em todas as áreas.

Você e eu precisamos fazer escolhas para dirigir o curso da nossas vidas. Como vamos fazer essas escolhas: pela graça, por meio da fé, ou pela carne?

O que temos deixado ser semeado em nosso coração? Por que não temos buscado fé para a santificação? Pela fé, não deixe que você ou as pessoas coloquem ali o que o seu Senhor não queira!

Guarde o seu coração pela fé em Cristo Jesus, o Filho de Deus, assim, o curso da sua vida será o da Bíblia e não o do mundo. Isso resultará na promoção da glória de Deus, na sua edificação como cristão e em frutos para o Reino, em testemunho do Evangelho.

Que Deus assim nos faça conscientes, crentes e praticantes, para a Sua glória e para a nossa vitória neste mundo, em Nome de Jesus, amém!

Pr. Leandro Hüttl Dias

 

 

3 comentários em “Como está o curso da minha vida?

Adicione o seu

  1. Obrigado Pr. pela mensagem…muito edificante, devemos sim ser praticantes da palavra de Deus e não somente ouvintes, para que se concretize o que ja confessamos com a nossa boca, que é o Senhoril de Jesus em nossa vida…o Próprio Jesus quando cumpriu a sua missão na terra dada por Deus…ele perdoava os pecados e dizia..vai e não peques mais…excelente Mens. Pr. Leandro que Deus abençoe cada dia mais o Pr. e família…continui sendo sempre assim, com sabedoria e graça sendo usados por Deus..abraços…fiquem na paz do senhor Jesus…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: