Famílias que abençoam outras famílias

biblia_familia

Filipenses 4:8 | Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.

A tentativa deste mundo é criar mudanças de fora para dentro, buscando infiltrar a mente e os coração das pessoas.

Não pensemos que o diabo consegue mudar a sociedade do dia para a noite. Faz muitos e muitos anos que ele está trabalhando na desconstrução do modelo familiar. Muita coisa que vemos hoje e nos escandalizamos é simplesmente fruto de pensamentos corrompidos no passado.

Ele não começou atacando o formato de família como estamos vendo em nossos dias. Ele começou de fora para dentro, estimulando o pensamento, a imaginação, por meio de filmes, novelas, músicas, séries, livros e afins (dentre outras estratégias) para que, uma vez alcançando o interior, pudesse trabalhar na transformação cada indivíduo.

Assim, mesmo que o formato externo da família seja preservado os corações estão inchados pelo pecado, desejosos pelo mundo.

Mantém-se a aparência de família, mas sem sua essência, até que, por fim, o exterior também se quebre e temos um geração que se sente livre, mas escrava da insegurança, que, em parte, existe em função de não usufruírem desta estrutura planejada por Deus.

Uma das formas de afastamento da família é o isolamento, disfarçado por muitos relacionamentos com pessoas de fora. Muitos “amigos”, muitos contatos, muitos prazeres, mas nenhum laço, nenhum vínculo, nenhum afeto, nenhum cuidado. Cada um cuida de si…

É preciso cuidar com relacionamentos, quando eles forem só relacionamentos por si mesmo. Ou se são relacionamentos apenas para o prazer, pois ficamos sem afeto duradouro, sem compromisso, sem responsabilidade – sem nada permanente -, o que é tão importante para a segurança humana.

Nossas famílias cristãs precisam buscar para si a fim de também transbordarem para outros. Nossa missão é ser “sal da terra e luz do mundo” e não ser sal e luz para a igreja. A igreja já tem luz, sua missão interna é de edificar-se, mas, para o mundo precisamos levar, como indivíduos e como família, luz e valores.

Nossas famílias não servem à igreja? Não temos famílias inteiras com cargos e ministérios? Assim também a família precisa se ver atuando neste mundo!

O primeiro passo de nossas famílias missionárias, é preservar os valores espirituais da fé em Jesus, pois além deste ser o motivo de permanecermos firmes, será o único meio do mundo perseverar no modelo de família, restaurar famílias quebradas e buscar solução para os conflitos familiares.

A família cristã também deve perseverar na essência e não apenas na aparência, assim as famílias cristãs estão sendo exemplo, referência e testemunho deste modelo criado por Deus, portanto perfeito – e não suscetível a mudanças, diante de um mundo que está abandonando a estrutura familiar.

Precisamos vencer nossos conflitos por meio da fé, pois precisamos, além de vencer, ter a experiência para levar as pessoas de como enfrentarem seus desafios, naquilo que Deus quiser nos usar.

Mas, mesmo que não venhamos a enfrentar certos tipos de problemas não é nossa experiência que conta (a menos que Deus queira usá-la), mas nossa mensagem de salvação, perdão e direção – O Evangelho.

O fato é que precisamos abençoar outras famílias. Para isso precisamos ter cuidado para não perdermos nossa identidade.

Portanto, vamos relembrar:

1 – Precisamos como família perseverar na fé, em nossa busca espiritual;
2 – Precisamos como família perseverar em nossa essência, cuidando, vigiando para não abandonarmos esta estrutura segura criada por Deus;
3 – Precisamos como família vencer nossos conflitos por meio da fé, da espiritualidade, da oração, do conhecimento bíblico, ou seja, buscando o verdadeiro Deus através de Jesus. E levar esse testemunho quando Deus assim quiser nos usar.
4 – Mas isso não é tudo, portanto, devemos, como família, pregar o Evangelho acima de todas as coisas! Assim como servimos na igreja em família, podemos servir a Deus no mundo com o formato familiar também, além do que podemos fazer como indivíduos.

Para isso vale a penas meditar em 1 Coríntios 15:58:

Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil.

Que o Senhor nos ajude a fim de que nós sejamos bênção para muitos lares, em Nome de Jesus, amém!

Pr. Leandro Hüttl Dias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: