Compartilhando o fim deste dia

 

agradecer-a-deus

“Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la?… Da mesma forma, qualquer de vocês que não renunciar a tudo o que possui não pode ser meu discípulo” – Lucas 14:28,33.

Chegar ao fim deste dia, que foi feriado aqui em Goiânia, teve um fator especial para mim. Hoje li alguns artigos sobre a igreja, descansei, fiz algumas atividades da casa e, enquanto bebia água na cozinha (acho que por ter assistido a uma propaganda sobre o aniversário da cidade com uma idosa falando sobre a vida), veio ao meu pensamento uma lembrança: somos finitos, e um dia vamos recordar tudo o que fizemos, e precisamos ter boas coisas para lembrar e comecei a refletir (sou muito reflexivo).

Pensei no fato de eu servir a Deus e o quanto isso faz diferença no que faço ou não faço, em função das escolhas baseadas na Bíblia, conteúdo da fé cristã. Claro que é Deus que nos dá graça, mas nossa consciência é cativa a Palavra de Deus e isso faz diferença, sobretudo se você vive num mundo que prega constantemente, de forma colorida, festiva e sonora, que o bom da vida são as escolhas baseadas no prazer intenso do pecado.

Enquanto pegava mais água, eu olhei fixamente à minha frente e depois ergui os olhos e disse a Deus que eu agradecia pelo fato de conhecê-lO e ao Evangelho de Seu Filho Jesus Cristo; por ter sido salvo. Pedi que Ele me guiasse e me ajudasse a fazer tudo aquilo que Ele tinha trilhado para mim, tudo mesmo, para que, quando chegar a ser idoso eu possa ter o prazer de lembrar que dediquei minha vida a Deus – que valeu a pena. Isso é muito importante para mim.

Mais cedo eu havia recordado sobre lutas, dificuldades da vida – que não foram poucas – privação de oportunidades, mas meditava, de maneira perplexa na fidelidade de Deus e no modo como Ele cuidou de mim perfeitamente.

O compartilhar deste fim de dia contigo, é para encorajar você a fazer o mesmo, vai valer a pena. Precisamos chegar à velhice, gratos a Deus por ter servido em Sua obra, independente do preço que foi pago (não para a Salvação, pois esta é somente com Cristo, mas pelas renúncias – o preço do discipulado). Na verdade vamos ver que muito do que aconteceu, que hoje encaramos como sofrimentos e dificuldades foi bom – pois ajudou a eliminar as ilusões da nossa mente e manter firmes o propósito de cumprir os propósitos da seara do Senhor.

E, se você me lê e já está, como dizem, “velho(a)”, ou caminhando para ser chamado(a) de idoso(a), saiba que Deus ama você e quer lhe dar a experimentar o que Ele tem reservado para a sua vida, mesmo neste tempo. Deus não pára e tem atitude para todos os que O buscam – leia Salmo 92.14.

Que o seu fim de noite tenha sido tão gostoso quanto o meu, no coração e na reflexão, e, se enfrentou lutas e dores, que tenha sido para aprendizagem e redirecionamento para a vontade de Deus que lhe guarda e é fiel.

Ah! Ouvindo o Pr. Luiz Sayão a tarde, ele falou algo muito especial: “Deus sempre está conosco, qualquer pensamento de que Ele nos abandonou é apenas ilusão da nossa mente”.

Pense nisso,

Um abraço, seu amigo,

Pr. Leandro Hüttl Dias

2 comentários em “Compartilhando o fim deste dia

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: